Feira de negócios aproximará vinhos sul-americanos dos principais players mundiais do segmento

22 Feb 2018

Lideranças apostam na Wine South America para consolidar Brasil no mapa mundial do vinho

 

Empresas produtoras de bebidas derivadas da uva, fornecedores de tecnologia e prestadores de serviços para o segmento vitivinícola estarão reunidos no Rio Grande do Sul, na cidade de Bento Gonçalves, de 26 a 29 de setembro para a Wine South America 2018 – Feira Internacional do Vinho. Com foco em negócios e networking, o evento tem o desafio de promover o consumo e a comercialização dos produtos da indústria sul-americana de vinhos, especialmente brasileira. Por isso, lideranças acreditam no potencial da feira para mirar na internacionalização do setor.

 

Promovida pela Milanez & Milaneze, empresa do grupo Veronafiere, da Itália, especializado em eventos de negócios e que por mais de 50 anos é referência mundial no setor de vinhos, a Wine South America tem expectativa de atrair 250 expositores e cerca de 10 mil visitantes qualificados. Além das transações comerciais, o turismo é um viés que deve movimentar a economia, já que a feira ocorrerá no principal destino enoturístico do país.

 

“Acreditamos que o evento irá fortalecer todo

o universo do vinho no Brasil,

possibilitando novos contatos e soluções em prol do desenvolvimento coletivo”, explica Alberto Piz, diretor da Milanez & Milaneze.

 

O otimismo é compartilhado pelo poder público – o Governo do Estado do RS foi um dos mentores para a realização do encontro no Brasil.

“A escolha do Rio Grande do Sul pela Veronafiere para sediar a Wine South America nos sinaliza para o grande potencial do setor vitivinícola gaúcho. O Governo do Estado participou ativamente na atração deste evento por entender que haverá um impacto econômico positivo em toda cadeia produtiva, com reflexos importantes para o turismo”, assinala o secretário adjunto do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Evandro Fontana.

 

 

“Nos últimos anos, os vinhos, espumantes e sucos brasileiros melhoraram muito em qualidade. E agora, com a Wine South America, passam para um novo nível de reconhecimento internacional. Ganham todos, principalmente o estado, que detém 90% da produção nacional”, completa.

 

A realização da Wine South America em Bento Gonçalves confirma, reconhece e valoriza toda a qualidade, competitividade e evolução da cadeia vitivinícola instalada no município e na região sul do Brasil, conforme defende o prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin.

“Esse evento é um importante expoente das ações desenvolvidas na atração de novos negócios para a região. Logo será, também, um referencial importante para ressaltar a imagem da Serra como destino turístico do Brasil no segmento do enoturismo”, avalia.

 

Apoio das entidades setoriais

 

Antes mesmo do lançamento oficial da Wine South America – agendado para a noite de 02 de março – diversas entidades setoriais já assinalaram de forma positiva com o propósito de contribuir para o sucesso do evento. Exemplo dessa postura partiu do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin).

 

Na opinião do presidente, Oscar Ló, a realização de uma feira de abrangência internacional na Serra Gaúcha é muito importante para o setor vitivinícola brasileiro, pois se configura uma oportunidade de aproximação com compradores de outras regiões e até mesmo de outros países, tendo em vista a expertise, a rede de contatos e o renome dos organizadores da Wine South America.

 

“Com a feira sendo realizada em um dos nossos principais polos de produção, teremos a possibilidade de não só apresentarmos nossos produtos como de mostrar o potencial, a qualidade, a estrutura da cadeia produtiva como um todo. Muitos que conhecem as empresas somente pelo nome ou pela garrafa poderão conhecer o local onde são cultivadas as uvas, a forma como são elaborados os vinhos e as pessoas que estão envolvidas no negócio. Isso é uma boa vantagem competitiva”, pontua Ló.

 

Além de gerar negócios, uma importante contribuição da Wine South America é a difusão do conhecimento sobre o mundo dos vinhos, na opinião do presidente da Associação Brasileira de Enologia, Edegar Scortegagna.

 

“Para os vitivinicultores, a feira terá grande importância no objetivo de fomentar o consumo de vinhos brasileiros e aproximar o setor do nosso consumidor. O encerramento da edição será no dia 29 de setembro, data da 26ª Avaliação Nacional de Vinhos, combinação que deve fortalecer os dois eventos, visto que essa tradicional promoção da ABE atrai muitos sommeliers, compradores e enófilos, ressaltando tudo o que há de positivo no setor da vitivinicultura brasileira”, diz Scortegagna.

 

A Feira Internacional do Vinho também abrirá espaço para produtores de café, destilados e azeite. Entre os visitantes, são aguardados empresários, importadores, distribuidores, enólogos, sommeliers, enófilos, pesquisadores, estudantes, jornalistas especializados e apreciadores de vinho de vários países. Além das novidades levadas pelos expositores, a feira terá uma robusta grade de conteúdo com palestras, cursos, seminários, visitas às vinícolas, degustações, premiações e rodadas de negócios.

 

SERVIÇO
O quê: Wine South America 2018 – Feira Internacional do Vinho.
Quando: de 26 a 29 de setembro
Onde: Bento Gonçalves, RS
Local: Parque de Eventos de Bento Gonçalves (Alameda Fenavinho, 481)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Feira MEDICA, maior evento do setor no mundo, terá edição no Brasil a partir de 2020

November 5, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes